Logo

Portal da Prefeitura


UPA Afonso Pena lota com pacientes vindos de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral

Publicado em 3 de maio de 2017 às 16:50

UPA Afonso Pena (Fotos: Divulgação/PMSJP)

 

Pacientes da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Afonso Pena tiveram que esperar mais do que o normal devido ao aumento do movimento nos últimos dias. O motivo é a vinda de pacientes de outros municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC), e também do Litoral, para serem atendidos em São José dos Pinhais. Foi o caso da última quarta-feira (3); dos quatro pacientes em estado grave na Unidade, três eram de outras cidades: Colombo, Piraquara e Matinhos.

De acordo com o diretor de Urgência e Emergência de São José dos Pinhais, Rafael Antonio Gabriel, o aumento da demanda de atendimento na UPA Afonso Pena pode ter como causa o fechamento de pronto-socorro e UPAs de outras cidades, incluindo Curitiba. “Nos últimos dias temos recebido um grande volume de atendimentos na UPA Afonso Pena; muito mais que o habitual. Isso tem afetado o tempo de espera dos atendimentos. Ao verificar a causa desse fato, constatou-se que muitos dos pacientes que São José dos Pinhais tem atendido são oriundos de outras cidades. Além dos três pacientes em estado crítico desta quarta-feira, nove que estão internados são de outras localidades”, disse.

Mesmo com grande demanda, o atendimento é realizado com responsabilidade e conta com o apoio integral da equipe de Saúde de São José dos Pinhais. É o que afirma Giovani de Souza, secretário municipal de Saúde. “Mesmo com dificuldades orçamentárias, São José dos Pinhais não deixou de atender a comunidade com o devido respeito e competência. Fato isso é que enquanto outros municípios estão fechando seus serviços, nós trabalhamos com responsabilidade. Nós não podemos deixar de atender nenhum paciente, mesmo de fora, conforme determinação do Ministério da Saúde. Pedimos a paciência de nossos munícipes e queremos deixar claro que não deixaremos de dar o melhor para atender a população”.

Sala de espera, com pacientes e seu acompanhantes (Foto: Divulgação/PMSJP)

Dos quatro pacientes em estado grave naUPA, três eram de outras cidades: Colombo, Piraquara e Matinho (Foto: Divulgação/PMSJP)