(Fotos: Paulo Szostak e Edison Renato/Prefeitura SJP)

Fomentar a segurança pública é o principal objetivo do Programa Escola Segura, implantado oficialmente em São José dos Pinhais na manhã desta quarta-feira (11). Criado pelo Governo do Estado do Paraná, em parceria com a Prefeitura de São José dos Pinhais, o Programa levará mais segurança para as escolas estaduais do município.

A solenidade de lançamento do Programa no município aconteceu no Colégio Estadual Elza Scherner Moro, localizado no bairro Rio Pequeno. O evento contou com a presença de autoridades estaduais e municipais, como secretários da administração pública local e vereadores. De acordo com o prefeito em exercício, Thiago Bührer, as escolas, bem como toda comunidade escolar serão beneficiadas. “É um projeto de extrema importância para nossas escolas estaduais aqui do município, foram escolhidas escolas que realmente precisam desse apoio, e através desse Projeto, com certeza nossos alunos terão uma maior segurança durante o seu período de aulas”, enfatizou.

Para o Governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Jr, o projeto, já em funcionamento em outras cidades do Paraná, têm gerado bons resultados. “Esse é o intuito, é realmente dar tranquilidade para os pais, para os professores, dar tranquilidade em especial para os nossos alunos, para que o ambiente escolar seja realmente um ambiente de muito aprendizado, e acima de tudo de uma boa convivência entre os alunos e professores”.

O Programa Escola Segura será contemplado em sete escolas estaduais de São José dos Pinhais, e contempla a presença de policiais militares da reserva em escolas estaduais. O Escola Segura é uma parceria entre as Secretarias de Educação e de Segurança Pública do Governo do Paraná. 

O primeira escola a receber o Programa em São José dos Pinhais é o Colégio Estadual Elza Scherner Moro, após, mais seis colégios serão contemplados, sendo eles: Colégio Estadual Shirley Machado, Colégio Estadual Guatupê, Colégio Estadual Professora Lindaura Ribeiro Lucas, Colégio Estadual Chico Mendes, Colégio Estadual Tiradentes e Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA).