Notícias
19/01/2017

Secretarias discutem critérios para atender famílias e conter ocupações irregulares

(Foto: Divulgação/PMSJP)

Uma reunião entre as secretarias de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Urbanismo, Viação e Obras Públicas, Habitação e Procuradoria Geral do Município, e que contou com a presença de representantes da Copel e Sanepar, discutiu critérios para o atendimento de ligação de água e energia elétrica na região urbana e rural.

A pauta tratou sobre os casos de ocupações irregulares e imóveis localizados na região rural que requerem o serviço de ligação de água e de luz.  Hoje, para cidadão pedir a ligação de água e de luz na Copel e na Sanepar, precisa comprovar ser proprietário do imóvel. Na região rural, para a ligação de energia elétrica pela Copel é necessário apresentar o alvará de construção expedido pela Secretaria de Urbanismo.  Casos diversos a estes deverão ser discutidos pelas secretarias, que deverão agir dentro da legalidade.

O prefeito Toninho Fenelon participou da discussão e enfatizou que é preciso estabelecer critérios, dentro de normas e leis. “Não podemos ser omissos. É preciso responsabilidade com o crescimento ordenado para não criar problemas para cidade. Sempre defendi as causas sociais e entendo que é preciso ter bom senso e seguir a legislação, consultando todas as secretarias envolvidas e também, quando necessário, contando com o apoio do Ministério Público“, disse.

 

(Foto: Silvio Ramos/PMSJP)