Logo

Portal da Prefeitura


Secretaria de Educação promove evento para celebrar o Dia Nacional de Atenção a Dislexia

Publicado em 8 de novembro de 2018 às 14:11

(Foto: Divulgação)

O dia 16 de novembro foi instituído o dia nacional de atenção a dislexia pela Lei 13085 de 2015, em comemoração a essa data, a Secretaria de Educação de São José dos Pinhais está promovendo um evento com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre o tema e reforçar a importância do diagnóstico e do tratamento precoce.

O projeto de intervenção psicopedagógica no processo de aquisição da leitura e da escrita foi iniciado em São José dos Pinhais pelo Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado Helen Keller (Cemae Centro) em 2017. Esse programa atende estudantes das Unidades de Ensino do município com dificuldade de leitura e escrita, mas que não apresentam atraso em seu desenvolvimento. O trabalho consiste em aplicar o método Panlexia para promover o aprendizado dessas crianças.

 

O que é dislexia?

A dislexia é uma discrepância entre o potencial de aprendizagem e o nível de rendimento de um indivíduo mesmo ele possuindo inteligência dentro da normalidade. Esse transtorno acarreta em dificuldades em decodificar palavras isoladas refletindo muitas vezes em uma deficiência no processamento fonológico. Assim, o indivíduo diagnosticado com dislexia apresenta uma maior dificuldade ao aprender a ler e a escrever pelos métodos normais.

 

O que é o método Panlexia Plus ou Pamelexia?

A Panlexia é um método de orientação diagnóstica e um programa de assistência ao disléxico. Essa abordagem pedagógica ensina leitura através da introdução de elementos consistentes do idioma escrito e depois de estabelecidas as conexões é acrescentado o modo progressivo, os padrões menos comuns de soletração.

 

O evento em comemoração ao dia nacional de atenção a dislexia vai acontecer no dia 14 de novembro, das 8 às 11 horas, na Câmara Municipal de São José dos Pinhais (R. Veríssimo Marques, 699 – Centro) e será aberto para todas as escolas do município e familiares das crianças que estão em atendimento pelo projeto de intervenção psicopedagógica no processo de aquisição da leitura e da escrita.