Notícias
23/11/2017

São José dos Pinhais sedia 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais

(Fotos: Paulo Szostak/PMSJP)

São José dos Pinhais foi escolhido para sediar a 5ª edição do Congresso Paranaense de Cidades Digitais. Na manhã desta quinta-feira, 23, foi realizada, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, a abertura oficial do evento, que tem mais de 260 inscritos, 10 expositores e prefeitos, gestores e vereadores de mais de 100 municípios. O Congresso também será realizado na sexta-feira, 24. Organizado pela Rede Cidade Digital em parceria com a Prefeitura de São José dos Pinhais esse é o principal encontro sobre o tema voltado para médios e pequenos municípios.

A importância desse evento é realizar a troca de experiências. De acordo com o prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon, toda tecnologia é bem vida quando se fala em melhorar a qualidade de vida da população. “Tudo que nós pudermos angariar em prol de facilitar a administração pública é válido. Receber representantes de outros municípios aqui é uma alegria, assim como eles vêem o que está dando certo aqui, nós, como administração pública,  aprendendo com eles tendo como foco melhorar a qualidade de vida das pessoas”, explica. Acredito é uma responsabilidade do gestor administrar de melhor forma possivel o serviço público, e usar a tecnologia no Século 21 que está a disposição é válido.

O Município é um importante polo econômico e também se destaca quando o assunto é informatização da gestão. Tanto que recebeu foi premiado com um certificado de Projeto Inovador 2017. “São José dos Pinhais, do ponto de vista digital, já evoluiu muito. E acredito que a tecnologia melhora a cada instante e temos que estar sempre avançando, inovando buscando o que está dando certo em outros lugares para implantar aqui”, completa Fenelon.

Os servidores públicos municipais apresentaram no primeiro dia alguns dos cases de sucesso e de como a tecnologia funciona hoje no Município. Como os projetos da central de monitoramento, referência para diversas Prefeituras que buscam investir em segurança, e a Farmácia Popular Municipal, iniciativa inédita no país que credenciou a rede privada, mediante convênio, para distribuição de medicamentos do SUS.. “Além de um serviço de nota fiscal eletrônica que foi desenvolvido pela própria Prefeitura e que hoje é referência”, explica o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Rafael Muhlmann.

Para o diretor da Rede Cidade Digital, José Marinho, o uso da tecnologia é imprescindível para aprimorar o serviço público e, consequentemente, a vida das pessoas. “O Congresso traz dezenas de gestores públicos, tanto do Paraná como convidados de outros estados; e a importância desse evento é principalmente conhecer e receber informações sobre o que eles podem fazer para melhorar o que já tem no Município ou, aqueles que não tem, possam entender que não tem como pensar em cidades desconectadas hoje em dia. Não dá mais pra pensar nas pessoas sem estarem interagindo com o Poder Público; e, o Poder Público, se não conhecer as novidades e as vantagens, vão acabar ficando muito pra trás. Foi-se o tempo analógico, o tempo agora é digital”, afirma.

“Esse congresso reúne muitos municípios do Brasil, palestrantes de diferentes administrações públicas, além de de empresas privadas falando sobre tecnologia. O evento é extremamente importante para a troca de experiências, para que possamos, de alguma forma, compreender o que está acontecendo no setor público com relação a inovação e tecnologia para tentar fazer com que as experiências positivas que deram certo possam ser replicadas em outros locais”, completa Muhlmann.

Guaíra, Jacarezinho, Monteiro Lobato (SP), Ponta Grossa, além da Câmara de Caxias do Sul (RS), são outros modelos confirmados para o evento. Também participam empresários, representantes de governos estaduais e a diretora do Departamento de Infraestrutura para Inclusão Digital do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Eloá Mateus. Além desses, estiveram presentes também os secretários municipais de Assistência Social, Sônia Arruda; chefe de Gabinete e secretário de Governo, Augustinho Michalizen; Cultura, Imar Augusto; de Habitação, Rita Meyer; de Indústria, Comércio e Turismo, Giam Celli; de Agricultura e Abastecimento; Arnaldo Woitch; de Urbanismo, Adão Cetnarski Neto; de Licitação, Paulo Magnuskei; do diretor de Planejamento, Luiz Keppen; da Diretora da FEMAN, Valdívia de Lima; além de servidores municipais, dos vereadores Tadeu Camargo, Tico Setnarsky e Edson Dangui e do superintendente da Infraero, Felipe Barcellos.