Notícias
23/05/2019

Profissionais de Saúde e Ministério da Saúde promovem ação em São José dos Pinhais

(Foto: Silvio Ramos/PMSJP)

Na manhã desta quinta-feira (23) profissionais da Secretaria de Saúde de São José dos Pinhais e de outros municípios, reuniram-se com representantes do Ministério da Saúde para uma capacitação de ações ligadas a prevenção e combate a Febre Amarela.

Essa Oficina de Trabalho é resultado de estudos realizados pelo Ministério na Região Metropolitana de Curitiba e a própria capital paranaense, onde foram identificados diversos casos da doença em primatas.

Em São José dos Pinhais já foram encontrados e recolhidos para análises, cerca de 36 macacos, dos quais 12 foram positivos para morte por Febre Amarela. O médico Alessandro Romano – do Ministério da Saúde, ressaltou que por mais que a Febre Amarela pareça uma zoonose silvestre, hoje, de forma pontual, não há uma linha que separe o habitat dos macacos com o perímetro urbano, ou áreas de vivência dos homens, desta forma a possibilidade da doença provocar uma epidemia nos humanos é real e deve ser prevenida. “O serviço de Saúde tem que ser protagonista”, destacou Alessandro.

Estudos de ações de prevenção e combate têm a Fiocruz como um dos atores em parceria constante com estados, municípios e regionais de Saúde. Na ocasião da Oficina, servidores da Saúde Ambiental, Departamento de Promoção e Vigilância, Vigilância Sanitária, agentes Comunitários de Saúde, agentes de Endemias, tanto de São José dos Pinhais, como de Curitiba, Campo Largo, União da Vitória, entre outros.

As equipes do Ministério da Saúde estão realizando ações similares, durante esta semana, em diversas cidades da região tidas como áreas prioritárias para a cobertura vacinal contra a Febre Amarela, com o intuito de promover o controle e o monitoramento da doença, nos primatas e a prevenção em humanos.

Em linhas gerais todos os profissionais da área de Saúde são unânimes em afirmar que o melhor recurso para os seres humanos é a imunização, por meio da vacina. Desta forma a Secretaria de Saúde de São José dos Pinhais reforça a necessidade de que a população são-joseense compareça às Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) para tomar a vacina contra a Febre Amarela.

A administração pública municipal vem atuando com campanhas e ações direcionadas, como por exemplo, a imunização em domicílio – para aquelas pessoas com dificuldades de locomoção (idosos, PNE’s), por meio dos agentes comunitários de saúde, desde a confirmação do primeiro caso confirmado em primatas.

Médico veterinário Alessandro Romano – Ministério da Saúde