Notícias
09/03/2017

Prefeito assume Presidência da Junta de Serviço Militar

Todo ano, cerca de três mil jovens procuram a Junta Militar de São José dos Pinhais para alistamento (Paulo Szostak/PMSJP)

O prefeito Toninho Fenelon assumiu, na manhã desta quinta-feira (09), a presidência da Junta de Serviço Militar de São José dos Pinhais. A solenidade foi no salão de atos do gabinete e contou com a presença do secretário de Governo e chefe de gabinete, Augustinho Michalizen; tenente Pedro, delegado do Posto de Recrutamento e Mobilização (PRM) de Curitiba; do auxiliar do delegado, Jair Antonio; do soldado Ceschin; e da secretária da Junta Militar, Elizabete da Rocha.

Na ocasião, o prefeito fez o juramento do Compromisso de Posse de presidente. “Ao ser empossado no cargo de presidente da Junta de Serviço Militar deste município, de acordo com o que preceitua a Lei do Serviço Militar, prometo envidar todos os esforços no sentido de cumprir e fazer cumprir, pelos munícipes, os deveres relativos ao serviço militar, a fim de que nosso município contribua para o exercício da cidadania e o engrandecimento da pátria”.

Por lei, a Junta, que é ligada ao Gabinete do Prefeito, é o órgão executor do Serviço Militar. O alistamento, coordenado pela Circunscrição de Serviço Militar, é de responsabilidade da Prefeitura. O serviço militar consiste no exercício de atividades desempenhadas nas Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) e compreende todos os encargos relacionados com a defesa nacional.

A Junta Militar é responsável pelo serviço de alistamento dos jovens do sexo masculino que completam 18 anos e também presta todo tipo de atendimento relativo à obtenção de documentos de natureza militar, como o certificado de reservista e o de dispensa de incorporação, exigidos para a emissão de passaporte, ingresso em instituições de ensino, participação em concursos públicos e para solicitação de emprego em empresas.

Cerca de três mil jovens procuram a Junta Militar de São José dos Pinhais, todo ano, para alistamento. Em janeiro de 2016, o processo de alistamento passou a ser online (www.alistamento.eb.mil.br). O cidadão que não tem acesso à internet deve comparecer à Junta Militar, localizada no Centro.

Neste ano, o período de alistamento vai até 30 de junho. Depois de alistado, o jovem passa por um processo de seleção, realizado pelo Exército, que conta com entrevistas pessoais e exames médicos. A última fase do processo é a dispensa ou a prestação de serviços no quartel.

Alistamento Militar
Para se alistar, o jovem deverá apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento, carteira de identidade, CPF e comprovante de endereço atualizado.

Prefeito Toninho durante o juramento (Foto: Paulo Szostak/PMSJP)