Notícias
11/02/2019

Modelo de Atendimento para pacientes crônicos é apresentado em São José dos Pinhais

A proposta de implantação dos Centros de Atendimento visa eficiência no atendimento a pacientes e na economia aos cofres públicos (Texto: Antonio Bobrowec/ Foto: Paulo Szostak/ Prefeitura SJP)

 

Na semana passada, foi apresentado para a equipe da Secretaria Municipal de Saúde de São José dos Pinhais um modelo inteligente de Centro de Atendimento e Monitoramento a pacientes crônicos, principalmente no tratamento a diabéticos, hipertensos e pessoas com obesidade mórbida. A proposta visa gerar eficiência no atendimento e resulta economia aos cofres públicos.

“Nós tivemos a visita do prefeito da Cidade de Penedo (AL) e da equipe dele para apresentar uma ferramenta muito interessante de atendimento e monitoramento a pacientes crônicos. Nesse projeto se cria centros de atendimento regionais, os CAR, com a possibilidade de implantação em Unidade de Saúde, Upa e hospital. São para pacientes que pelo menos uma ou duas vezes na semana, ou até mais vezes, utilizam uma Unidade de Saúde devido ao seu quadro clínico”, disse o secretário de Saúde, Giovani de Souza.

O projeto, em estudo de implantação em São José dos Pinhais e Cascavel, cria CARs que servem de base clínica, onde ficam dois ou três enfermeiros, técnicos de enfermagem e também médico. Nele, os pacientes são monitorados via celular, com atendimento 24 horas, sete dias por semana. Nesses centros o paciente recebe atendimento, medicamento e exames. O acompanhamento on-line faz com que o paciente procure uma Unidade de Saúde apenas quando realmente necessário, gerando eficiência e economicidade aos cofres públicos. Atualmente, cerca de 4% da população do Município – ou seja, 12 mil pessoas – são pacientes crônicos, que necessitam desse cuidado.

O CAR implantado em Penedo foi criado por uma startup, dentro de um programa de inovação e tecnologia de empreendedores brasileiros com apoio do banco Mundial. A resolutividade do programa fez com que diminuísse em 90% o número de consultas entre pacientes crônicos no Município alagoano.