Logo

Portal da Prefeitura


Merenda escolar balanceada garante alimentação saudável nas Unidades de Ensino

Publicado em 3 de setembro de 2014 às 17:28

merenda_cmei_cantiga_de_roda_foto_ary_portugal-9139

Tanto nos CMEIs quanto nas Escolas Municipais os cardápios elaborados pelas nutricionistas da Secretaria de Educação respeitam as necessidades alimentares de cada fase das crianças (Foto: Divulgação/PMSJP)

Para garantir o crescimento e o desenvolvimento das crianças, a alimentação escolar deve ser rica em vitaminas e minerais capazes de fornecer energia em quantidades adequadas. Levar alimentação saudável e de qualidade a todos os alunos da Rede Municipal de Ensino são objetivos definidos pela Secretaria de Educação de São José dos Pinhais.

Através do Programa Avança São José, a Divisão de Merenda Escolar está desenvolvendo ações que buscam aliar alimentação saudável e educação aos alunos, seguindo parâmetros estipulados pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – resolução nº 26 de 17 de Junho de 2013).

Com isso, a alimentação, além de necessária, passou a fazer parte da proposta educativa da Secretaria Municipal de Educação. Através da merenda as educadoras podem relacionar e aprofundar com as crianças noções de quantidade, tamanho, densidade, textura, cor e forma; elaborar relações com as transformações dos alimentos ou perceber as variadas sensações como fome, saciedade, temperaturas e gostos.

Responsável pela merenda escolar dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), a nutricionista Marília Machado explica que na fase pré-escolar a alimentação de qualidade é condição básica para o perfeito funcionamento do organismo, principalmente sabendo-se que de zero a cinco anos é que se formam os hábitos alimentares, e que de zero a dois anos é o período de formação do cérebro da criança.

Já a nutricionista Rebeca Duarte, que cuida da alimentação direcionada as escolas, explica que, tanto nos CMEIs quanto nas Escolas Municipais, “os cardápios são elaborados respeitando as exigências alimentares de cada fase das crianças e este respeito é essencial para o desenvolvimento e para formação de hábitos alimentares saudáveis durante a infância e a adolescência”.

Cardápio e número de refeições

Atualmente são servidas mais de 52 mil refeições por dia aos alunos da Rede Municipal. Junto com estas são enviados pratos diferenciados para mais de 200 crianças com necessidades alimentares especiais (diabetes, glicogenose, dislipidemia, intolerâncias). Estes pratos são similares ao cardápio do dia e respeitam restrições prescritas por meio de orientações médicas.

Para garantir produtos sempre fresquinhos, a Prefeitura conta com sete cooperativas de agricultura familiar, formadas por agricultores locais, que fornecem alimentos as empresas fabricantes da merenda escolar. Legumes, verduras, frutas, grãos, leite, iogurte, bebida láctea, pães, massas integrais e peixes são alguns dos itens inclusos no cardápio dos alunos.

“A qualidade e a variedade oferecida hoje pela merenda escolar aos nossos alunos é com certeza um diferencial no aprendizado deles. Nós que acompanhamos as crianças diariamente sabemos como eles ficam felizes e satisfeitos quando chega a hora de comer” afirma a diretora do CMEI Cantiga de Roda, Maria Erli. Outra ação que visa trazer mais qualidade a merenda oferecida foi a exclusão, neste ano, de sucos concentrados e a inserção no cardápio de sucos feitos com polpa de frutas. Essa medida fornece às crianças mais nutrientes sem corantes e conservantes.

Preocupação com o preparo

Quando a merenda escolar chega ao CMEI, as preparadoras da Prefeitura são responsáveis pelo recebimento, manipulação e verificação dos alimentos. Além disso, também são elas que servem as crianças e encaminham o alimento que sobra para a destinação correta.  Semestralmente as empresas fornecedoras da merenda escolar oferecem cursos de capacitação para as preparadoras dos alimentos com o objetivo de relembrar as normas de manipulação, procedimentos de higiene, boas práticas de preparação e segurança alimentar.

Autosserviço desenvolve autonomia nas crianças

Nos CMEIs um programa de autosserviço alimentar para as crianças maiores está sendo implantando. Através dele, ao invés de receberem o prato já pronto, os pequeninos são estimulados pelos educadores a se servirem sozinhos, com todo o cuidado necessário. Com isso a alimentação é integrada ao processo educativo e a criança aos poucos vai adquirindo autonomia, partindo da dependência total do adulto até comer sozinha, do utilizando talheres e escolhendo sabores e quantidades.

A auxiliar administrativa, Edna Maria de Oliveira, disse que já percebeu em casa a diferença no comportamento do pequeno Gabriel durante as refeições. “Até pouco tempo atrás a gente notava que ele era totalmente dependente pra comer. Hoje é até engraçado, quando estamos na mesa ele faz de tudo pra usar os talheres sozinho”.

Números da Merenda Escolar em São José dos Pinhais
– 33 mil alunos atendidos- 52 mil refeições servidas diariamente- 200 refeições especiais, servidas por dia para crianças com dietas restritivas- 40 CMEIS atendidos- 64 Escolas Municipais atendidas- Até 5 refeições servidas por dia para crianças do período integral

 

merenda_cmei_cantiga_de_roda_foto_ary_portugal-9188

Legumes, verduras, frutas, grãos, leite, iogurte, bebida láctea, pães, massas integrais e peixes são alguns dos itens inclusos no cardápio dos alunos (Foto: Divulgação/PMSJP)

merenda_cmei_cantiga_de_roda_foto_ary_portugal-9130

Atualmente são servidas mais de 52 mil refeições por dia aos alunos da rede municipal. Junto com estas refeições, também são enviados pratos diferenciados, para mais de 200 crianças com necessidades alimentares especiais (diabetes, glicogenose, dislipidemia, intolerâncias) (Foto: Divulgação/PMSJP)

merenda_cmei_cantiga_de_roda_foto_ary_portugal-9148

Através do programa de Autosserviço a alimentação é integrada ao processo educativo e a criança aos poucos vai adquirindo autonomia, partindo da dependência total do adulto até comer sozinha (Foto: Divulgação/PMSJP)