Logo

Portal da Prefeitura


Conselho Municipal de Saúde aprova Centro de Especialidades do Paraná em São José dos Pinhais

Publicado em 18 de setembro de 2017 às 15:33

O secretário de Saúde, Giovani de Souza, explicou aos conselheiros como funcionará o novo Centro de Especialidades e da sua conquista para a Saúde do Município (Foto: Divulgação/Sems)

 

Em reunião extraordinária do Conselho Municipal de Saúde na última sexta-feira (15), com 10 votos a favor e nenhum contra, foi aprovada a Concessão de Uso do imóvel situado na Avenida Rui Barbosa, nº 10.471 (antiga UPA Rui Barbosa), ao Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (Comesp) para a instalação do Centro de Especialidades do Paraná (CEP), o primeiro da Região Metropolitana de Curitiba. Com previsão de funcionamento para o mês de janeiro de 2018, a iniciativa irá atender 100% das demandas de exames e consultas especializadas dos usuários da saúde pública de São José dos Pinhais, dentro das 5 linhas guias do Estado, e tudo em um mesmo local.

“Nós agradecemos ao Conselho Municipal de Saúde por entender esse importante momento que vive a Saúde Pública do Município. A instalação do Centro de Especialidades do Paraná no nosso Município resolverá a nossa demanda por exames e consultas especializadas. Isso demonstra a transparência em que estamos trabalhando pela melhoria do atendimento à Saúde” declara o prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon.

Nesta terça-feira (19), às 11 horas, o prefeito de São José dos Pinhais Toninho Fenelon, juntamente com o secretário de Saúde do Paraná, Michele Caputo e a presidente da Comesp, Beti Pavin, realiza a assinatura oficial da criação do CEP. O secretário de Saúde de São José dos Pinhais, Giovani de Souza, destaca a importância desse equipamento de Saúde no Município e reforça o compromisso da Prefeitura em melhorar o serviço à Saúde Pública como um todo.

“Ficamos felizes que o Conselho de Saúde, como um dos órgãos de controle externo, entendeu a importância de melhor utilizarmos o imóvel, autorizando-o para sediar o novo Centro de Especialidades do Paraná”, disse Giovani.

 

Atendimento será melhor

A Secretaria Municipal de Saúde destaca que São José dos Pinhais com uma população de 300 mil habitantes, conforme determinação do próprio Ministério da Saúde, deveria ter uma UPA porte 3. Outra orientação federal é que essa UPA deveria funcionar com 9 equipes médicas, sendo que a Prefeitura faz muito mais mantém em funcionamento 13 equipes. Ela afirma ainda que com o início das atividades do CEP, 7 Unidades Básicas de Saúde passarão a atender a população com horário estendido, diminuindo substancialmente a demanda de atendimento na UPA Afonso Pena.

“O nosso problema de atendimento à Saúde não é a UPA, mas a alta demanda de consultas na Atenção Primária. Por isso, estamos reestruturando todo o sistema. Com a finalização do processo de Concurso Público, chamaremos mais 41 médicos para suprimir a demanda nas Unidades Básicas de Saúde. Ao mesmo tempo, estenderemos o atendimento de sete Unidades, destinando para a UPA a demanda de urgência e emergência, como deveria ser a sua finalidade. Isso sem contar que ainda no mês de outubro finalizam as obras da ala pediátrica da UPA Afonso Pena, passando a atender separadamente crianças e adolescentes dos pacientes adultos”, esclarece Giovani.

Com a instalação do CEP, o Município passará a ser referência na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) na realização de exames e consultas médicas especializadas nas cinco linhas de referência em Saúde Pública: Mãe Paranaense, Pediatria, Hipertenso e Diabete, Idoso e Saúde Mental. São José dos Pinhais ganha uma estrutura de ponta na realização de exames e consultas médicas especializadas, em um prédio próprio, economizando assim com aluguel, com o mobiliário todo pago pelo Consórcio Metropolitano e, ainda, sem custos para a manutenção dos profissionais.