Com intuito de diminuir a população de cães e gatos que vivem em situação de rua, e conseqüentemente reduzir a quantidade de animais abandonados na cidade, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) da Prefeitura de São José dos Pinhais, através de Recursos do Fundo Nacional de Saúde – do Ministério da Saúde – adquiriu e entregou na manhã da última sexta-feira (7) o primeiro Castra Móvel do município – Unidade de Castração de Cães e Gatos – que deve, em breve, começar a realizar atendimentos pela cidade em um novo programa da Semma – Pet Saudável – que está sendo desenvolvido em parceria com uma instituição de Ensino Superior de Curitiba.

Estima-se que, em São José dos Pinhais, a população de animais que vivem em situação de rua seja aproximadamente 10 mil, a maioria fêmeas que procriam de 8 a 10 filhotes a cada 6 meses aumentando desta forma a população de cães e gatos que acabam sendo abandonados. Com o Castra Móvel, outro objetivo do programa de castração da Prefeitura é fazer com o que essa população de animais abandonados não duplique, triplique, pelos próximos anos na cidade.

Nos meses de maio e junho mais de 450 animais, recolhidos por protetores de animais de São José dos Pinhais, foram atendidos pelo Programa de Castração da Semma que até o final do ano deve castrar ainda mais de 500 cães e gatos também resgatados ou retirados de canis clandestinos – através de ações da Prefeitura em parceria de entidades e ONGs que defendem a causa animal – após denúncias de maus-tratos recebidas.

Neste momento de pandemia causada pelo surgimento do novo coronavírus (covid-19) denúncias de maus-tratos contra animais podem ser feitas no Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC/Faleconosco) da Prefeitura disponível no http://www.sjp.pr.gov.br/sic .

Podem participar do Programa de Castração, oferecido pela Prefeitura, moradores de São José dos Pinhais, com renda familiar de até 3 salários mínimos e que estejam cadastrados no CadÚnico. Para serem atendidos os animais devem ter de 7 meses até 7 anos de vida.

“Tanto o abandono, quanto o resgate de animais que vivem em situação de rua em São José dos Pinhais, é uma causa que necessita do envolvimento de toda a sociedade, mas o Poder Público sempre tem maior responsabilidade sobre o assunto”, comentou o prefeito Toninho Fenelon durante a entrega do Castra Móvel que aconteceu no Horto Municipal, localizado no Parque São José.

“Assim que programa iniciar os atendimentos, a Unidade Móvel de Castração vai percorrer regiões do município através do Programa de Castração que deve começar a funcionar em breve em parceria de secretarias municipais, entidades e Ongs que atuam em São José dos Pinhais em defesa dos animais abandonados e contra maus-tratos”, frisou o prefeito Toninho.

Durante a entrega do Castra Móvel, a Semma ainda distribuiu entre as protetoras de animais, cadastradas pela secretaria no Programa de Castração, mais 1 tonelada de ração canina adquirida com recursos de Compensação Ambiental – mecanismo legal que visa contrabalançar impactos ambientais ocorridos ou previstos. No começo deste ano, a secretaria de Meio Ambiente já havia distribuído outra tonelada de ração aos protetores de animais através de compensação.

O secretário municipal de Meio Ambiente – Ahirton Sdroiesk – presente na entrega realizada disse que o “Castra Móvel é mais uma conquista da atual Administração e que irá beneficiar todos os envolvidos em defesa da causa animal em São José dos Pinhais”. Segundo Ahirton, “nos meses de maio e junho, devido às medidas de combate a propagação do novo coronavírus (Covid-19), a secretaria reforçou o apoio às protetoras de animais do município realizando a castração de 456 animais que já foram encaminhados à doação”, explicou o secretário.

O presidente da Câmara dos Vereadores de São José dos Pinhais – Professor Assis Manoel Pereira – e o vereador, dr. Ido, também compareceram à entrega do primeiro Castra Móvel.

Quando somada ao custo de exames, vacinas e medicamentos, além do profissional que realizará o procedimento, cada castração pode custar em clínicas veterinárias particulares mais de R$ 500 reais por animal.

Para ter acesso ao serviço de castração da Prefeitura, os interessados que estejam inseridos no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) devem entrar em contato com o Setor de Defesa e Controle Animal pelo telefone 3383-1313 ramal 108 para obterem mais informações sobre o programa.

(Por Alexandre Torres Jr / Foto: Paulo Szostak / Prefeitura SJP)

PARA BAIXAR FOTOS NA GALERIA DA MATÉRIA
Ativo 1
Pelo computador:

clique com o botão direito do mouse em cima da foto e selecione a opção "ver imagem" - com o botão direito do mouse você poderá salvar a foto.

Ativo 3
Pelo celular:

pressione o dedo sobre a foto e selecione a opção desejada.