Logo

Portal da Prefeitura


Blitz da Saúde orienta sobre prevenção às DSTs e distribui preservativos no Borda do Campo

Publicado em 9 de fevereiro de 2018 às 15:44

(Fotos: Lucas Mendes/PMSJP)

Uma ação de orientação pré-carnaval foi realizada nesta sexta-feira, 9 de fevereiro, na Rua Canoinhas no bairro Borda do Campo em São José dos Pinhais. A Blitz da Saúde, feita em parceria pelas secretarias de Saúde; por meio da Unidade de Saúde Martinópolis e da Unidade de Saúde Borda do Campo; de Segurança; com a Guarda Municipal e de Esporte e Lazer, teve o intuito de orientar motoristas sobre prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Mais de 10 mil preservativos masculinos e femininos foram entregues pela equipe, além de um informativo sobre testes rápidos. Nayla Regina Gebhardt Gural, coordenadora da UBS Martinópolis, acredita que a ação foi um sucesso. “O uso do preservativo não faz parte da cultura popular, isso reflete no aumento considerável de doenças sexualmente transmissíveis em todo o país. As pessoas tem a cultura de procurar a cura para a doença, mas o mais importante é a prevenção,política defendida pela atenção primária em saúde e pela estratégia da família do Ministério da Saúde”, explica.

Para o carnaval, Nayla recomenda “sempre um parceiro sexual fixo e com proteção, porque as doenças sexuais são transmitidas em qualquer tipo de relação. A eficiência do preservativo é de noventa e nove por cento”, afirma. A ação teve também a participação das alunas do Centro Educacional Menna Barreto, que realizaram exames de pressão arterial e hemoglicotestes (HGT); e contou com a parceira da Sanepar, que forneceu água.

Testes rápidos — gratuitos e sigilosos, os testes rápidos estão disponíveis na rede pública de saúde de São José dos Pinhais e ficam prontos em até 30 minutos. Por meio desses testes, é possível detectar se a pessoa tem HIV/AIDS, Sífilis ou Hepatites B ou C  e, assim, iniciar o tratamento o mais rápido possível. Em caso de gestantes, é importante a identificação para evitar a transmissão de tais doenças ao bebê.

O teste é feito da seguinte maneira: primeiro, é feito um aconselhamento ao paciente. Na sequencia, é coletado o sangue, analisado e, depois do laudo, entregue o resultado com orientações. É recomendado fazer o teste durante o pré-natal (gestantes); se você teve ou tem alguma doença sexualmente transmissível, tuberculose ou hepatites; se manteve relação sexual de qualquer tipo sem camisinha ou se compartilhou seringas ou agulhas, cachimbos e/ou canudos.

É possível fazer o teste rápido na unidade básica de saúde mais próxima de sua casa e também no Centro de Testagem e Aconselhamento (NUTES), localizado na Rua Voluntários da Pátria, 1393, no Centro. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (41) 3282-4455.

(Fotos: Lucas Mendes/PMSJP)

(Fotos: Lucas Mendes/PMSJP)

(Fotos: Lucas Mendes/PMSJP)

(Fotos: Lucas Mendes/PMSJP)

(Fotos: Lucas Mendes/PMSJP)

(Fotos: Lucas Mendes/PMSJP)

(Fotos: Lucas Mendes/PMSJP)