Notícias
03/01/2019

Agência do Trabalhador de São José dos Pinhais possui atendimento humanizado para pessoas com necessidades especiais

(Foto: Edison Renato/PSJP)

A inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais é fundamental para o desenvolvimento social e econômico do município, além de incentivar a igualdade e respeito. A Agência do Trabalhador de São José dos Pinhais vêm trabalhando na oferta de vagas para essas pessoas.

O início do ano pode ser uma boa época para quem está procurando vagas de emprego. Para os portadores de deficiência, a Agência está ofertando vagas, podendo ser preenchidas a qualquer momento. Além disso, o atendimento da Agência é humanizado para esse público. A Agência do Trabalhador de São José dos Pinhais possui atendimento em Libras (Língua Brasileira de Sinais), sendo oficialmente a segunda língua oficial do Brasil, decretada por meio da Lei nº 10436, de 24 de abril de 2002, além de também contar com a acessibilidade física, com um elevador para cadeirantes.

De acordo com o coordenador do Programa PCD (Pessoa com Deficiência), Amauri Ferreira de Paula, é importante que tenha atendimentos como esses, bem como a oferta de vagas voltadas a pessoas com deficiência das mais diversas. “A inclusão desse tipo de trabalhador é um perfil que o mercado muitas vezes não vê como uma pessoa produtiva. A limitação está mais na cabeça das pessoas, sem conhecer a utilidade deles”, enfatiza.

Para os empresários que pretendem contratar funcionários portadores de necessidades especiais, a Agência do Trabalhador oferece o trabalho de recrutamento gratuito.

SERVIÇO — A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária – Agência do Trabalhador -, está localizada na Avenida Rui Barbosa, 9244 – Centro. O atendimento acontece das 8h às 16h30. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (41) 3283-6800.

 

 

Atendimento em Libras na Agência do Trabalhador em São José dos Pinhais / (Foto: Wellington Medeiros/PMSJP)

 

A Agência do Trabalhador de São José dos Pinhais também conta com acessibilidade física, com elevador para cadeirantes / (Foto: Wellington Medeiros/PMSJP)

 

(Foto: Wellington Medeiros/PMSJP)