Logo

Portal da Prefeitura


Aeroporto

Aeroporto Internacional Afonso Pena

O novo terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Afonso Pena, inaugurado em 1996, foi concebido para oferecer o que há de mais moderno a seus usuários. Planejado para atender o crescimento da demanda, prevê a expansão de seus serviços, de modo a estar sempre à frente do crescimento do seu público. Os três pisos de seu Terminal de Passageiros possuem uma área construída de 112.176 m², com capacidade de atender aproximadamente 14,8 milhões de passageiros por ano. Com equipamentos de última geração, está entre os mais modernos do país. Totalmente informatizado, permite o acompanhamento, a partir do Centro de Controle Operacional, de todo o serviço informativo de vôo, da vigilância por circuito fechado de televisão, áreas de acesso restrito, consumo de água e energia elétrica e do sistema de proteção contra incêndio.

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em sua pista principal 15/33 com 2215 m de comprimento e 45 m de largura, opera por instrumentos de precisão diurno e noturno, utilizando-se de avançados sistemas de apoio à navegação aérea: o ALS (Aproach Lights System) e o ILS (Instruments Loading System). O primeiro permite uma melhor aproximação visual e o segundo, o controle eletrônico das operações de aterrissagem e decolagem, mesmo em condições de mínima visibilidade. A pista secundária 11/29, com 1800 m de comprimento por 45 m de largura, é mais utilizada em decolagens, quando as condições de vento são mais favoráveis. Funciona, ainda, no Aeroporto Afonso Pena, o Sitia – Sistema Integrado de Informações Aeroportuárias. No terminal de passageiros, elevadores panorâmicos e escadas rolantes servem todos os pavimentos, que possuem instalações especiais para atendimento a portadores de deficiências físicas. A cobertura em estrutura metálica do terminal, com 15.800 m² de área, possui telhas anti-ruído. O piso em granito confere a beleza ao edifício, assim como o revestimento de pastilhas nas paredes. Planejado como instrumento de desenvolvimento e integração do Mercosul, o Aeroporto Internacional Afonso Pena permite perfeita interligação com outros meios de transportes, constituindo-se num terminal multimodal de cargas e passageiros. Para garantir seu funcionamento mesmo em condições adversas, possui subestação de energia, além de uma estação de tratamento de água e esgoto. O estacionamento tem capacidade para 4.422 veículos, sendo que destas, 2.422 são na nova área construída, edifício garagem, e se utiliza de um sistema informatizado de controle de entrada e saída, por meio de tickets com código de barras.

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO) as companhias áreas que atuam no Aeroporto Internacional Afonso Pena são: Austral Lineas Aereas, Avianca, Azul, Gol e Latam.

De acordo com pesquisa realizada em agosto de 2014 pela Secretaria de Aviação Civil, o Aeroporto Afonso Pena foi considerado pelo segundo ano consecutivo como o melhor aeroporto do Brasil. No mesmo período a referida Secretaria, em conjunto com o Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR), premiou os aeroportos do país com melhor desempenho durante a Copa do Mundo. O Afonso Pena venceu três das oito categorias do Prêmio Boa Viagem: melhor restituição de bagagem, melhor ambiente aeroportuário e melhor aeroporto – a principal premiação.

Em 2016, o Aeroporto Internacional de Afonso Pena foi eleito, pela terceira vez consecutiva, o melhor aeroporto do Brasil, conforme Pesquisa de Satisfação do Passageiro, divulgada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

Movimento Operacional – Aeroporto Internacional Afonso Pena

Ano Quantidade de Vôos
Domésticos Média/Mensal Internacionais Média/Mensal Total
2005 55.214 4.601 2.836 236 53.050
2006 52.934 4.411 4.000 333 56.934
2007 58.861 4.905 3.702 308 62.563
2008 65.694 5.474 3.382 282 69.076
2009 76.594 6.383 3.423 285 80.017
2010 84.947 7.079 3.270 272 88.217
2011 90.542 7.545 3.601 300 94.143
2012 85.741 7.145 3.168 264 88.909
2013 80.211 6.684 2.244 187 82.455
2014 69.984 5.832 2.829 235 72.813
2015 67.914 5.659 2.471 206 70.385
2016 28.880 2.406 683 56,91 29.563
2017 28.368 2.364 692 57,66 29.060

o

Ano Quantidade de Passageiros
Domésticos Média/Mensal Internacionais Média/Mensal Total
2005 3.337.401 278.117 55.678 4.640 3.393.079
2005 3.463.344 288.612 69.535 5.795 3.532.879
2007 3.841.486 320.124 65.789 5.482 3.907.275
2008 4.202.078 350.173 79.276 6.606 4.281.354
2009 4.764.800 397.067 88.933 7.411 4.853.733
2010 5.671.273 472.606 103.342 8.612 5.774.615
2011 6.863.616 571.968 105.868 8.822 6.969.484
2012 6.738.071 561.506 90.263 7.522 6.828.334
2013 6.682.110 556.843 60.023 5.002 6.742.133
2014 7.192.446 599.370 144.877 12.073 7.337.323
2015 7.047.206 587.267 130.302 10.858 7.177.508
2016 3.093.696 257.808 21.106 1.758 3.114.802
2017 3.202.806 266.900 25.615 2.134 3.228.421

Fonte: Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO) – dezembro/2017 (acesso à fonte em janeiro/2018)

o

aeroporto